[layerslider id="15"]

Casa em Miami

Casa em Miami
26 nov 2017

APESAR DA ALTA DO DÓLAR E DA CRISE ECONÔMICA NO BRASIL, BRASILEIROS CONTINUAM COMPRANDO IMÓVEIS NA FLÓRIDA

Miami continua sendo a queridinha dos brasileiros. De acordo com a Greater Miami Convention & Visitors Bureau, em 2014, mais de 732 mil brasileiros visitaram a cidade. Mas eles não estão interessados apenas na Lincon Road Mall, nos outlets – como o Sawgrass Mills, onde 68% do faturamento é graças aos brasileiros – e nas badalações da Ocean Drive. Eles estão de olho nos imóveis.
Além de preferirem comprar em cash, os brasileiros tendem a comprar casas mais caras do que outros latino americanos. Segundo a Miami Association of Realtors, os brasileiros que se deslocam para o Sul da Flórida são, muitas vezes, famílias de classe média alta. Eles gastam mais em propriedades do sul da Flórida entre os consumidores estrangeiros, que pagam uma média de US$ 495 mil. Em média, os compradores internacionais de Miami pagam US$ 444 mil por compra, em comparação aos US$ 245 mil em todo o estado.
Os preços de imóveis na Flórida são bem diferentes dos números do Brasil. Além disso, em Miami a segurança pública é mais bem resolvida do que na maioria das grandes cidades brasileiras. Outra facilidade: quando a intenção é comprar o imóvel para alugá-lo, os proprietários não precisam se preocupar com o recebimento do aluguel, pagamento do condomínio, e outras burocracias. Existem empresas especializadas em property management, ou seja, em administrar imóveis e fazer a ponte entre proprietário e inquilino.
Estes são apenas alguns dos motivos que fazem os brasileiros comprarem cada vez mais imóveis para passar férias, investir e, agora mais do que nunca – graças à situação política e econômica do Brasil – se mudar de vez para o país norte-americano.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *