[layerslider id="15"]

Você sofre com queda de cabelo?

Você sofre com queda de cabelo?
03 maio 2018

CAPA SOUTH FLORIDA 34A nossa pele é composta por pelos e o local mais evidente de pelos é nosso couro cabeludo. A queixa de queda de cabelo é comum e a venda de produtos que prometem ajudar neste problema enriquece a indústria. Esses produtos funcionam? O mais importante é entender as causas e fazer o tratamento mais eficaz para o seu caso.

Principais causas:

Alopecia androgenética
Na alopecia androgenética, os fios têm a fase de crescimento mais curta e a fase de repouso mais longa. O cabelo não consegue alcançar a fase adulta, há afinamento contínuo até a queda do fio, sem crescimento de um novo. Ocorre nos homens e nas mulheres. Nestes casos o médico pode indicar hormônios como finasterida, soluções capilares associado a aplicações de medicamentos no couro cabeludo e ledterapia que eu amo.

Alterações hormonais
As alterações dos hormônios da tireóide e dos sexuais são mais comuns.

O uso de hormônios masculinos (testosterona e derivados) aumenta a queda dos cabelos. Então cuidado ao usar hormônios para aumento de massa muscular.

Período pós-parto e o estresse do momento, a nutrição do recém-nascido, a perda de sangue no parto e no pós-parto, a anemia, a falta de ferro e de vitaminas podem ocorrer neste período causando queda de cabelo.

Alimentação inadequada, dietas muito restritivas, alimentação pobre em proteína pode causar anemia e déficits de vitaminas. Falta de Vitaminas do complexo B e D, zinco e ferro são mais comuns na queda de cabelo. A reposição de vitamina é necessária nestes casos.

O estresse é associado à queda de cabelo, principalmente a alopecia areata um dos tratamentos é a psicoterapia e aplicação de corticóides no local da perda do cabelo.

Várias doenças podem se manifestar através da queda de cabelo o ideal é procurar um dermatologista.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *