[layerslider id="15"]

Opções de refinanciamento de imóveis para investidores

Opções de refinanciamento de imóveis para investidores
02 fev 2019

CAPA BRAZILUSA ORLANDO REAL ESTATE 25 BRÉ no momento de iniciar o processo de compra de imóveis nos Estados Unidos que novos investidores ficam perdidos. Para realizar esse sonho, muitos acabam criando uma espécie de poupança em seu país de origem antes de comprar um imóvel. Porém, o que muitos não sabem é que o financiaamento é possível também para estrangeiros e suas opções são infinitas.
O mortgage broker, Dwight Kleine – um americano com alma brasileira e mais de 15 anos de experiência – explica que entre as várias opções de financiamento, uma que vem conquistando muito espaço para aqueles que já possuem um imóvel e desejam dinheiro para investir em novas áreas, é o refinanciamento. Segundo ele, essa tem sido procurada por aqueles clientes que não querem se descapitalizar totalmente ou por aqueles que procuram melhores taxas de juros. Vale lembrar que este processo pode ser feito tanto para imóveis residenciais como comerciais.
“Por exemplo, no mês passado nossa empresa fechou um refinanciamento para uma família brasileira dona de uma parte do Chase Building Downtown Orlando. Quando eles fizeram o primeiro financiamento, como eram estrangeiros e não tinham histórico, conseguiram uma taxa de juros bem alta e com condições mais restritas. Porém, agora que eles já estão aqui há alguns anos e já possuem um histórico de crédito bom, foi possível conseguir refinanciar com juros bem mais baixos”, explica Dwight.
O refinamento pode ser realizado de duas maneiras. A primeira opção é o chamado “Cash Out Refi”, onde o cliente já possui um imóvel e deseja retirar uma quantia do valor para fazer novos investimentos. Dwight lembra que este refinanciamento só é possível desde que a propriedade esteja quitada e totalmente livre de ônus. Nesse caso, o proprietário do imóvel poderá retirar até 60% do valor do imóvel. Com esse montante em mãos, muitos decidem investir em novas propriedades, em programas de visto como EB5 ou abrir novos negócios nos Estados Unidos ou em seu país de origem.
A segunda opção é o refinanciamento para obter melhores termos e condições. Esta é extremamente aconselhável para donos de imóveis cuja as propriedades estão financiadas nos programas de Hard Money e que ao final ainda não possuem condições de quitar o imóvel. Ou mesmo depois do período de carência (Pre-payment penalty), desejam encontrar um programa de financiamento onde a taxa de juros seja mais baixa.
Em qualquer que seja sua opção, é valido lembrar que o processo de refinanciamento é bem similar ao processo de financiamento comum, onde o interessado terá que apresentar a documentação requerida pelos bancos, bem como demonstrar habilidade financeira necessária para arcar com os custos de fechamento, parcelas mensais e, como também, disponibilizar extratos de reservas financeiras disponíveis exigidas e que variam de banco para banco.

Dwight B.Kleine

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!