[layerslider id="15"]

Me Qualifico para o Visto de Habilidades Extraordinárias?

Me Qualifico para o Visto de  Habilidades  Extraordinárias?
07 jul 2018

CAPA BRAZILUSA ORLANDO 90Recentemente um dos vistos mais comentados na comunidade brasileira é o visto de habilidades extraordinárias. Trata-se de um visto que atinge diretamente o objetivo final de todo imigrante. A obtenção do Green Card. Por se tratar do Green Card, naturalmente, o interesse é alto. Mas antes de gerar grandes expectativas sobre este visto vamos analisar brevemente as etapas para sua obtenção.
Primeiramente, deve-se analisar se o interessado se enquadra nos critérios genéricos elencados abaixo:
1. Histórico acadêmico comprovando nível superior incluindo ou não outros certificados ou prêmios emitidos por instituição de ensino relacionada à área de excepcional habilidade;
2. Documentação comprovando pelo menos 10 anos de experiência em tempo integral na área de atuação;
3. Licença para exercer profissão;
4. Comprovação de alta remuneração recebida por serviços que demonstram a capacidade excepcional;
5. Associação em uma associação profissional;
6. Reconhecimento por realizações e contribuições significativas na área de atuação ou campo por seus pares, entidades governamentais, organizações profissionais ou empresariais;
7. Outra evidência comparável de elegibilidade também é aceitável.
O interessado deve atender a, pelo menos, três dos critérios elencados acima e no caso do interesse nacional (waiver) demonstrar que é de interesse nacional dos Estados Unidos a sua permanência neste país.
Bom, numa primeira leitura certamente muitos entendem que se qualificam. Daí, o grande interesse por este visto. Mas, infelizmente, não é tão simples e aí vem o segundo ponto. O interessado deve comprovar que está dentre os melhores da sua classe de atuação. Após esta comprovação, talvez, venha a parte mais complicada. Comprovar o interesse nacional o que pode-se resumir numa pergunta: O que significativamente você pode contribuir para os Estados Unidos?
O tema é tão interessante e extenso que vamos continuar na edição do próximo mês. Fiquem atentos e até lá!

André Linhares

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *