[layerslider id="15"]

Famílias brasileiras buscam atendimento obstetrício e pediátrico em Miami

Famílias brasileiras buscam atendimento obstetrício e pediátrico em Miami
02 nov 2018

CAPA BRAZILUSA SOUTHFLORIDA SETEMBRO_OUTUBROCerca de 582 mil turistas vindos do Brasil visitam o sul da Flórida todos os anos, de acordo com dados divulgados pelo Bureau de Convenções e Visitantes da Grande Miami. A maioria em busca das praias, parques e muita diversão que a região propicia com muita categoria. Mas o entretenimento dá lugar a uma nova prática “queridinha” de quem quer ter um atendimento de primeiro mundo, como no caso de dar à luz a um bebê. Em novembro de 2015, o pequeno Benjamin nasceu em Miami e tornou-se o primogênito do Ser Mamãe em Miami, um serviço de obstetrícia e pediatria. Os pais brasileiros buscaram no programa uma nova opção para o futuro do seu filho.
Nos três primeiros anos de atuação, o SMM já atendeu mais de 900 mulheres de diversos lugares do mundo, em especial da América Latina. “O programa tem a importante missão de assegurar às famílias de inúmeras partes do mundo uma experiência única no momento mais importante de suas vidas”, comenta o Dr. Wladimir Lorentz, médico pediatra, brasileiro e residente há 34 anos nos Estados Unidos, responsável por coordenar uma equipe de profissionais médicos renomados nas áreas de obstetrícia e pediatria internacional.
Até mesmo celebridades estão com o coração e a ‘barriga’ voltados para este tipo de procedimento. Em 2017, a atriz e apresentadora Karina Bacchi escolheu o estado da Flórida para o nascimento do seu filho. “Conheci a equipe do Ser Mamãe em Miami enquanto fazia o enxoval do Baby Bacchi em maio de 2017. Já havia recebido indicações de amigas sobre o serviço e, por isso, me senti bastante segura e satisfeita sobre esta escolha”, destaca Karina.
O advogado Douglas Souza Barbosa, de 31 anos, e a esposa, Maria Angélica Cordeiro Peixoto Barbosa, de 34, sempre tiveram a intenção de que o filho nascesse nos Estados Unidos, devido ao país ser referência atendimento médico e proximidade com o estado da Flórida. “Assistimos a uma palestra do Dr. Wladimir Lorentz, que ocorreu em novembro do ano passado em Manaus. Foi uma ótima experiência, porque além de conhecê-lo pessoalmente conversamos com outras famílias que estavam no evento e que já haviam tido filhos pelo programa”, destaca.
O empreendedor por trás desta ideia é graduado em Bioquímica pela Universidade de Michigan e Medicina pela Tulane University School of Medicine, em New Orleans, com bolsa de estudos por mérito. No Brasil, morou em São Paulo e em São Caetano, no Grande ABC. Atualmente, Lorentz é proprietário da clínica Night and Day Pediatrics, com atendimento concierge 24 horas para famílias no Sul da Flórida. O serviço em domicílio foi elaborado especialmente para o atendimento de pacientes internacionais, que muitas vezes não conhecem a cidade e preferem receber o médico em seus lares. Boa parte não considera que seus filhos possam adoecer. A situação pode ser tão estressante que os pais até esquecem de como falar o nome de alguns sintomas, ou relatar queixas dos filhos em outro idioma. E esse fato aconteceu, inclusive, recentemente com a atriz Fernanda Rodrigues. Em seu blog http://chegueiaomundo.com.br/, ela relatou a agonia de se deparar com o filho, de apenas dez meses, com sintomas de uma doença chamada Croup. “O conceito do meu trabalho é de prover bons cuidados médicos dentro do contexto das limitações que famílias turistas enfrentam pelo seu desconhecimento da língua, da cidade, e do sistema de saúde”, finaliza.

Juliana Bontorim

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *