[layerslider id="15"]

Era Tecnológica no Esporte – Orlando

Era Tecnológica no Esporte – Orlando
10 jan 2018

Nos dias atuais, tendo em vista toda correria diária, observamos cada vez mais, crianças, jovens e adultos, deixando de praticar atividades físicas regularmente.

Com a chegada e “instalação” em nossas vidas da “Era Tecnológica”, as pessoas acabam exercitando apenas os dedos das mãos (o pior: de forma inadequada forçando de uma maneira totalmente prejudicial, a visão).

 

Esforços repetitivos nos dedos estão causando problemas muito sérios, principalmente, naqueles mais jovens que já apresentam dores e desconfortos nos dedos, de tanto os esfregarem, nas telas de um celular ou de um tablet.

Outro grande vilão é o vídeo game. Esse prejudica ainda mais as articulações das mãos, causando, também, problemas(muitas vezes) irreversíveis.

Em média um adolescente passa até quatro horas diárias controlando um “controle remoto”!

Pesquisas mundiais já afirmam que a média semanal passa de 22 horas para jovens entre 9 a 15 anos. Isso é um dado alarmante, pois muita coisa está envolvida neste tempo, afetando com certeza, tarefas diárias como: estudos, comportamento mas, principalmente, o isolamento em casa ou cyber cafés, (dificultando ainda mais a prática de atividades físicas, ao ar livre).

Com a chegada de toda esta tecnologia a maioria das pessoas acaba ficando refém apenas de alguns botões (quando menos melhor) e comandos de voz (para executarem toda e qualquer tarefa)!

Aperto um botão e pronto! Ligo o microondas a distância! Aperto outro botão e controlo toda as funções da TV,  ar condicionado, cafeteira, iluminação da casa, alarme e todos os outros que estejam no raio de meu  Wi-Fi!

Mas como ficar apertando botões cansa, agora podemos controlar inúmeras coisas, apenas com nossa voz! Muito mais fácil não é? Preciso ligar para alguém?  Basta eu dizer o nome e uma mulher (geralmente com nome de um crustáceo do mar) fala comigo (de dentro de meu celular) e pronto! Ligação feita rapidamente sem eu precisar apertar um único botão!

Até pesquisa de tempo, localização ou qualquer coisa que eu queira, esta “crustácea” está lá, pronta para resolver e falar comigo (e claro, sem botão nenhum!)

Mas com tudo isso, estamos deixando de fazer, pequenos gestos, que podem ajudar em nosso condicionamento físico e queima calórica.

Levantar para acender uma luz por exemplo, já está virando uma tarefa rara, pois tudo é automático e programável.

Chego em casa, e pronto, a luz já está acesa, a TV ligada, a cafeteira preparando aquele café gostoso, a roupa lavando, e tudo isso, de forma programada e automatizada.

Claro que existe o lado benéfico disso tudo. Porém, temos observado cada vez mais pessoas sedentárias, que não conseguem mais se livrar desse conforto mas que, de certa forma, tem prejudicado e muito sua saúde física e mental.

Portanto, vamos receber bem esta Era Tecnológica, mas não vamos nos esquecer de praticar esportes ao ar livre, atividades físicas que sejam benéficas e importantes para nossa saúde e convivência social!

Larga o celular e vem para rua!!!

Eduardo Castilhos

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *