[layerslider id="15"]

Testemunho: Da tristeza para a verdadeira alegria – Orlando Gospel

Testemunho: Da tristeza para a verdadeira alegria – Orlando Gospel
11 jan 2018

Testemunho.

Meu nome é Ivan Veloso, tenho 23 anos e perdi a conta de quantas vezes me vi trancado em um quarto, rejeitando a minha própria existência e alimentando vícios suicidas.

Quantas vezes neguei a vida, querendo sobreviver de modo a satisfazer apenas os meus próprios interesses, pobres e mesquinhos.

O computador foi meu grande Deus por muitos anos, eu só procurava meu Pai buscando dinheiro, a fim de gastar com jogos ou drogas. Tive a felicidade de estudar nas melhores escolas, fazer diversos esportes e ter os melhores professores e psicólogos, mas de quase nada adiantou.

Tenho a felicidade de dizer-lhes que fui escolhido por meus pais, que fui adotado logo no início de minha vida, mas a infelicidade de confessar que sempre me senti um rejeitado sem futuro.

Minha amada mãe foi quem mais me apoiou e nunca desistiu de mim, como resposta eu trouxe a ela uma vida de dores de cabeça, agressão e ódio. Nunca faltou de quem me amava: suporte, incentivo, investimento e esforço, mas não adiantaria se eu mesmo não me aceitasse.

Com meus vinte e poucos anos de idade, eis que surge um filho em minha vida sem planejamento, de um relacionamento novo. Medo, receio, incerteza, insegurança. Eu sentia e sabia que Lorenzo era minha última chance com Deus, era minha GRANDE oportunidade de acertar tudo aquilo que ficava para trás.

Eu precisava de respostas! O que um Deus pretendia ser quando dizia “ninguém vem ao Pai senão por mim”?

Mas enquanto eu gritava e procurava entre tantos deuses, o próprio criador, o Deus Todo Poderoso, me ouviu, enviou seu Espírito que tudo sabe. Foi até um tio meu pastor que mora em Orlando, Tio Eduardo, e provavelmente disse: “Fala pro Daniel chamar Ivan pra célula, que tá na hora dele me conhecer”, e assim aconteceu.

Conheci meu primo amado, o Daniel, eu fui a casa e a célula dele, no dia seguinte já estava entregando minha vida a esse novo Deus que nunca tinha visto antes.

Bom, o que aconteceu de lá para cá, meus queridos, foi uma série de milagres. Tantas coisas que sempre julguei ser impossível estavam acontecendo.

Preso em uma luta de mais de dois anos contra o consumo de um maço de cigarros por dia, agora eu estava liberto. Foi dissolvido com o vento.

Tenho vivido experiências sobrenaturais com Deus. A alegria é uma característica espiritual, é um gozo de uma chama que não se apaga.

A presença do Pai eterno é usufruir o interior do criador, fluindo de dentro para fora e de fora para dentro. Pelo menos foi assim que consegui dizer um pouco de como eu sinto, com certeza é algo tremendo ficar chapado dessa maravilha, anos luz mais forte e poderoso que qualquer droga. Estagnante. Esplêndido. Restaurador.

Percebo hoje que sou capaz de tudo que quero fazer. Eu posso, eu vou e eu sou! Pra falar verdade minha vida nunca esteve tão difícil e desafiadora como está hoje, mas eu sei em quem descansar, sei que há um propósito muito maior que minha insuficiência humana pode ver. Vou estudar, vou formar, vou trabalhar, vou sustentar, vou fazer acontecer!

Aprendi a ser grato diante da dor e das aflições, que às vezes são muitas! Aprendi que TUDO, simplesmente TUDO acontece por um bem muito maior! Eu lhes digo: sou filho do Deus vivo, um Deus ativo, que anda por todos os lugares e age! Percebo a vida hoje como uma grande oportunidade de fazer a diferença.

Um lugar de inutilidade foi preenchido por um sentimento de que sou eu que devo estar lá, que a grande mudança vai partir de mim. Muita coisa perdeu significado, sentido e valor, enquanto outras ganharam vida! Eu olho pro meu filho e vejo nele a Graça, vejo nele o oposto de tudo que fiz de mal aos meus pais.

Quero suar, correr, fazer! Quero ser o melhor amigo, o melhor marido, o melhor profissional! Quero e vou!

Eu sei por que sei, que toda minha fraqueza de ontem é minha melhor arma hoje, tudo por meio de Cristo Jesus!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *