[layerslider id="15"]

Condropatia patelar: lesão dos corredores

Condropatia patelar:  lesão dos corredores
03 maio 2018

CAPA SOUTH FLORIDA 34Você sabe o que é condropatia? O nome é difícil, mas a lesão é mais comum do que você imagina. A condropatia patelar ou Condromalácia é uma lesão que atinge a cartilagem na superfície inferior da rótula.
Essa cartilagem fica atrás da patela e tem a função de evitar que os dois ossos toquem diretamente, evitando a erosão e permitindo que a articulação se mova. A lesão ocorre quando a patela esfrega a cartilagem que está localizada na sua parte superior.
Essa é uma lesão muito comum entre os jovens que praticam esporte, principalmente corrida de rua, e atinge majoritariamente as mulheres. Sua rótula fica localizada na parte frontal da articulação do joelho. Quando você dobra seu joelho, a parte traseira da rótula desliza sobre a cartilagem do fêmur no joelho.
Quando algum desses componentes se move de forma incorreta, faz com que sua rótula pressione o fêmur. Este movimento anormal leva a um desgaste da patela, resultando na condropatia.

Quais são os sintomas da condropatia patelar?
Condropatia patelar geralmente é identificada com uma forte dor na região do joelho. Você pode sentir sensações de ‘’moer’’ ou ‘’quebrar’’ ao dobrar ou esticar o joelho. A dor pode piorar depois de muito tempo sentado ou durante atividades que aplicam pressão sobre os joelhos.

Diagnosticando
Verificar áreas de inchaço no joelho ou olhar como sua rótula se alinha com seu osso da coxa são formas de avaliação. Além disso, para auxiliar no diagnóstico e na classificação da lesão, alguns exames são importantes.
● Raios-X para mostrar danos ósseos ou sinais de desalinhamento ou artrite
● Ressonância magnética para ver o desgaste da cartilagem
● Artroscopia, um procedimento minimamente invasivo para visualizar o interior do joelho que envolve a inserção de um endoscópio e câmera na articulação do joelho.condropatia

Opções de tratamento
O objetivo do principal do tratamento é reduzir a pressão sobre sua rótula e articulação. Dependendo do grau da lesão, anti-inflamatórios podem reduzir a inflamação em torno da articulação. Importante lembrar que o tratamento correto só pode ser indicado pelo médico durante uma consulta.
Outras opções de tratamento podem ser exploradas, sempre de acordo com o grau de gravidade identificado.

Fisioterapia
A fisioterapia com foco no fortalecimento do quadríceps, músculo posterior da coxa, adutores e abdutores pode ajudar a melhorar sua força e equilíbrio muscular. O equilíbrio muscular ajudará a evitar o desalinhamento do joelho.

Cirurgia
A Artroscopia de joelho pode ser necessária para examinar a articulação e verificar se há danos no joelho. Esta cirurgia envolve a inserção de uma câmera em sua articulação através de uma pequena incisão.

Como evitar a lesão
Você pode reduzir o risco de desenvolver a condropatia patelar seguindo algumas recomendações:
● Evite o desgaste repetitivo nas rótulas;
● Tenha equilíbrio muscular fortalecendo seu quadríceps, músculo posterior da coxa, adutores e abdutores;
● Use palmilhas que corrigem os pés planos, aumentando seu arco. Isso irá diminuir a quantidade de pressão colocada em seus joelhos e pode realinhar a rótula.
Finalmente, o excesso de peso corporal pode estressar os joelhos. Manter um peso corporal saudável pode ajudar a tirar a pressão dos joelhos e outras articulações. Caso venha a apresentar alguns dos sintomas, procure um médico ortopedista.
Artigo escrito por Dr. Antonio Polaco, ortopedista e médico do esporte

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *