[layerslider id="15"]

Como resolver conflitos no casamento

Como resolver conflitos no casamento
28 fev 2020

É normal que todo casamento tenha conflitos. Não importa o quanto um goste do outro, não tem como concordarem em tudo. Portanto, ter discussões de vez em quando é normal e não quer dizer, de modo algum, que haja algo de errado com o casamento. Todavia, o modo como os dois lidam com as divergências é que influenciará, de fato, na duração da união. Felizmente, todo mundo pode aprender a resolver conflitos das melhores maneiras possíveis.

Conversando

– Tentem conversar quando estiverem bem descansados e concentrados. Nem tentem resolver seus problemas quando estiverem cansados, distraídos ou com fome.

– Não fiquem andando pela sala, o correto é que se sentem com calma e façam contato visual, pois ele serve para demonstrar que estão se escutando e que se importam com o que o outro está dizendo. Além disso, é uma excelente forma de se aproximarem em um nível mais elevado.

– Discutam o conflito. Comecem dizendo o que os tem incomodado. Falem com calma, um de cada vez, e não divaguem. Antes de propor um problema para ser discutido, tentem, individualmente, descobrir o que torna esse problema tão incômodo.

– Não apontem os dedos, pois quando fazem isso, deixam o outro na defensiva e a discussão pode acabar se transformando em uma grande briga.

– Escute ativamente. Mantenham a mente aberta enquanto estiverem conversando. Prestem atenção tanto na linguagem corporal quanto nas palavras um do outro. Empreguem a técnica do espelhamento para confirmarem que estão entendendo tudo o que está sendo dito.

– Trabalhem juntos para encontrar uma solução que seja boa para os dois. Caso não consigam chegar a uma solução que agrade a ambos, revezem entre aquelas que julgarem individualmente as mais adequadas.

Jogando limpo

– Mantenham a calma. Quando perceberem que o clima está esquentando, peçam um tempo e tentem se recompor antes de tentarem novamente.

– Concentrem-se no assunto em pauta. Não tragam assuntos desconexos nem desenterrem esqueletos do passado. Caso já tenham se perdoado por alguma questão anteriormente, não usem isso como munição para a atual discussão.

– Mantenham a civilidade e a educação. É preciso deixar de fora os xingamentos e os cutucões nos pontos fracos um do outro. Quando perceberem que estão prestes a dizer algo que possa ferir, afastem-se por um tempo e tentem se acalmar.

– Não façam conclusões precipitadas. Procurem entender o que está sendo dito antes de

responder.

 

Não apontem os dedos.

Ou seja, não façam acusações. Quando fazem isso, deixam o outro na defensiva e a discussão pode acabar se transformando em uma grande briga. Em vez disso, prefiram apenas dizer o que pensam e como estão se sentindo.

Mantenham as palavras “Nunca” e “Sempre” fora da discussão.

Por exemplo, é muito melhor dizer “Sinto como se eu não fosse mais importante na sua vida quando você trabalha até tarde” do que “Você nunca me diz quando ficará trabalhando até tarde”.

Dica

Não tentem ganhar todas as discussões. É melhor ser feliz do que estar sempre certo. Ganhar sempre significa que alguém sempre perderá, e isso arruinará o relacionamento. Quando perceberem que se trata de um assunto bobo ou que o outro está certo, pare de insistir e deixe-o ganhar.

WikiHow

Compartilhar