blog-cenario-brazilusa

BLOG BrazilUSA


Como posso superar o medo do fracasso?

Como posso superar o medo do fracasso?
13 out 2017

O medo do fracasso é uma defesa e uma reação real da sua mente. A reação serve, em sua maior parte, para proteger você de ameaças percebidas. A palavra-chave aqui é “percebida”. Esta parte do nosso cérebro se desenvolveu há milhões de anos para nos proteger de ameaças físicas muito reais, como predadores. Então, o que se desenvolveu para nos proteger de leões, é ativada quando queremos arriscar ou fazer algo fora de nossa zona de conforto. O problema agora é que nosso sistema de ameaça não é muito bom para distinguir entre ameaças físicas reais e riscos percebidos.

Sua zona de conforto é mais do que apenas um conceito, ultrapassar esses limites desencadeia reações neurofisiológicas muito reais do sistema de detecção de ameaças da mente. O que define sua zona de conforto define inerentemente os limites que desencadeiam esse sistema. Fique dentro desses limites e você está seguro; aventurar-se fora deles e o sistema avisa você com um medo supeficial. Sua mente está fazendo o que evoluiu para fazer. Ou seja, protegê-lo sinalizando o medo no risco percebido, falta de familiaridade ou o famoso medo do desconhecido.

Quando você busca ultrapassar a sua zona de conforto, mesmo em pequenas maneiras, você começa a redefinir esses limites e acionar pontos e  car confortável gradualmente com mais e mais desconforto. E a nossa segunda p lavra-chave é “redefinir”.

Quero compartilhar 4 passos que ajudarão você a perceber as ameaças de uma maneira mais apurada, auxiliando a redfinir sua zona de conforto.

1- Compreenda seu medo.

O que exatamente você teme? Nem todos nós tememos a mesmas coisas ou pelos mesmos motivos. Por exemplo, o medo do fracasso é pode ser gerado por três distintos motivos: Porque imaginamos sempre o pior, porque nos esforçamos pela perfeição ou porque tememos desesperadamente a rejeição. Mas quando você opta por avançar, você também toma a decisão de passar pelas barreiras, não importa o que, e quando você decidir isso, coisas notáveis começam a acontecer servindo com combustível para você ir até mesmo, além do que projetava inicialmente.

2- Vença o medo com fé.

Fé é a confiança naquilo que não se pode ver. Confiança vem de tomar uma decisão, comprometer-se e compartilhar esse pronunciamento. O mundo funciona numa dinâmica diferente para aqueles que agem e lideram com confiança. Ninguém está conspirando por sua falha. Quando você toma a ação com confiança e segurança, as pessoas conspirarão para apoiá-lo. As coisas certas acontecerão, e as circunstâncias e oportunidades corretas se apresentarão. Um amigo que imigrou para os Estados Unidos explicou a diferença de atitude em relação ao empreendedorismo entre os EUA e de onde ele era. De onde ele era, quando alguém compartilhava uma ideia para um negócio com os outros, a resposta seria sobre como não é possível, está fora do alcance ou não é possível. Nos Estados Unidos, as pessoas respondem apoiando a idéia, reconhecendo a coragem do indivíduo e oferecendo ajuda, apresentações para amigos e outras formas de apoio.

3- Tome uma atitude.

Outra causa de medo do fracasso está se concentrando na enormidade do desafio. Assuma desafios, pois você cria força de vontade através desse ato. Quando você obtém grandes objetivos em uma área, você começa a ver que você pode aplicar as mesmas habilidades e determinação para atingir metas em outras áreas. Quando você percebe que pode executar uma maratona com a preparação certa, mentalidade e treinamento, você percebe que pode fazer uma in nidade de outras coisas para as quais você planeja. Não tenha medo do fracasso. Mas sim, rejeite a possibilidade de daqui a um ano ser exatamente como você é hoje.

4- Entender o que significa: “Ser corajoso”.

Pessoas bem sucedidas parecem destemidas e extraordinárias. É assim que eles são percebidos, e isso se torna um mito que nós nos perpetuamos. As pessoas bem-sucedidas começaram muito comuns e, através de uma combinação de prática, trabalho árduo, fé e ação, conseguiram o sucesso. Esse mito de destemor, pode atuar como uma barreira para muitos, fazendo com que eles acreditem que ser bem sucedido se baseia em ser destemido e extraordinário. Ser corajoso não é viver sem medo. É viver com medo, enfrentá-lo e agir de acordo com isso. O medo é uma parte muito normal e inevitável de todo ser humano. Ninguém é realmente destemido, eles na verdade aprenderam a lidar com o medo.

Muitos de nós temos medo de falhar, mas não devemos deixar que esse medo nos impeça de avançar. Comece estabelecendo pequenos objetivos que ajudarão a construir sua confiança. Saiba como explorar e avaliar todos os resultados possíveis de forma racional . Percebendo as ameaças de uma maneira apurada, redefinindo sua zona de conforto. Avançando lentamente, mas com  firmeza e você começará a atingir suas metas ao ponto disso se tornar um hábito em sua vida.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *